Dor na Hora de Evacuar e Sangramento, Entenda cada Caso

Problemas intestinais, um problema muito comum em nossos dias, que certamente oferece grandes transtornos e desconforto ao ser humano. Provocado por fatores bem variados, muitas vezes, esses transtornos tem a influência direta dos alimentos que ingerimos e como são ingeridos.

Entre os muitos transtornos que podem acontecer, podemos destacar a dor na hora de evacuar e sangramento, uma condição que preocupa, pois pode se agravar e em algumas circunstâncias evoluir para um câncer.

Com uma variação de intensidade, quando ocorre o sangramento, esse, por vezes, quase não é percebido, mas em outras situações com um quadro doentio mais severo, ocorre a perda de sangue que chega a tingir a água do vaso sanitário deixando-a vermelha bem destacável.

Sobre esse transtorno de saúde e o porquê de ele acontecer, vamos trazer alguns comentários para deixar nosso amigo leitor mais informado e precavido.

Quando é Hemorroidas

Quando a defecação acontece com muita dor e a presença de sangue nas fezes, uma das causas pode ser a presença de Hemorroidas, um problema de saúde que afeta milhares de brasileiros todos os anos.

Entende-se por Hemorroidas aquelas formações vasculares constituídas por veias e artérias que ajudam a compor a anatomia da região anal. Essas veias existem para proteger o canal anal de possíveis traumatismos durante uma evacuação.

As hemorroidas são mais comuns nas mulheres do que nos homens e, em geral, são as pessoas com mais de 50 anos que mais são afetadas pelo problema.

Hemorroida é um problema que tem tratamento

Sabe-se que existem motivos variados para que a dor e o sangramento sejam sentidos no momento de evacuar. Mas quando se trata de problemas com hemorroidas, geralmente a dor se manifesta com maior intensidade no momento em que o indivíduo vai fazer forças para a evacuação e, nesse caso, a dor e o sangramento acontece por conta do bolo fecal que se encontra ressecado e endurecido, momento em que também acontece a exteriorização das veias anais.

Sintomas de Hemorroidas

Para identificar a presença de hemorroidas, existem alguns sintomas bem característicos, tais como:

  • Dor anal, principalmente quando a pessoa se encontra sentada,
  • Dor ao evacuar,
  • Prurido anal,
  • Presença de sangue com coloração vermelho vivo, facilmente observado no papel higiênico ou nas própria fezes que tingem a água do vaso sanitário,
  • Presença de um ou mais nódulos endurecidos sensíveis próximos ao ânus,
  • Inchaço ao redor da abertura anal.

A Pomada Proctosan

Proctosan é um medicamento de uso tópico com propriedade analgésica capaz de combater os sintomas da hemorroida e também de varizes. Graças a sua fórmula, Proctosan também confere ação antipruriginosa e refrescante e, além disso, promove a vasodilatação com sensação anestésica na região anal ou sobre as varizes.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama de Proctosan contém:

  • 25.000 mg de Cloridrato de Lidocaína,
  • 2.500 mg de Mentol,
  • 0,500 mg de Azuleno a 25%.
Pomada Proctosan age nas dores, sangramento, eczemas, fissuras e mais

Como usar esse medicamento – para tratar das hemorroidas, geralmente o médico vai recomendar 2 aplicações ao dia, preferencialmente pela manhã e no período da noite. As aplicações devem ser feitas após a evacuação e depois da devida higienização do local.

Para fazer as aplicações, introduza o aplicador no interior do ânus e dê uma leve pressionada no tubo para liberar a pomada que deverá alcançar a região interna afetada. Depois da aplicação retire o aplicador com cuidado, desencaixe-o do tubo da pomada e lave-o com sabão e água corrente.

Efeitos adversos desse medicamento – o uso Proctosan pode promover reações como;

  • Angioedema,
  • Erupções cutâneas,
  • Urticária.

Contra-indicações – esse medicamento é contra-indicado nas seguintes situações:

  • Para mulheres gestantes,
  • Para mulheres no período de amamentação,
  • Para pessoas sensíveis ao medicamento.

Valor desse medicamento – a embalagem com 20 gramas de pomada Proctosan tem um valor aproximado de R$ 47,00 reais.

A Pomada Proctyl

Proctyl é mais um medicamento na forma de pomada, recomendado para tratar da dor na hora de evacuar e sangramento provocados por fissuras anais ou hemorroidas. Encontrado também na forma de supositório, Proctil apresenta efeitos analgésico e cicatrizante com efeitos rápidos e bem eficazes.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama de pomada Proctil contém:

  • 50 mg de Policresuleno,
  • 10 mg de Cloridrato de Cinchocaína.
Pomada Proctyl

Como usar esse medicamento – aplique a pomada sobre a região anal, 2 a 3 vezes ao dia, até que os sintomas desapareçam. As aplicações devem ser feitas com uma prévia higienização do local.

Efeitos adversos desse medicamento – os efeitos adversos mais comuns que esse medicamento pode apresentar são:

  • Ardência no local da aplicação,
  • Sensação de coceira no local.

Em geral, esses sintomas acontecem apenas no início do tratamento, mas costumam desaparecer naturalmente.

Contra-indicações – apesar de não ser uma contra-indicação, o uso da pomada Proctyl por mulheres gravidas ou que estejam amamentando deve ser recomendado pelo médico obstetra.

Valor desse medicamento – a embalagem com 30 gramas de pomada Proctyl mais 10 aplicadores descartáveis tem um valor aproximado de R$ 57,00 reais.

Quando é Prisão de Ventre

Quando a dor na hora de evacuar e sangramento acontece em uma pessoa com prisão de ventre, isso é sinal de que as fezes do indivíduo se encontram muito duras, dificultando a passagem e oferecendo riscos de possíveis ferimentos no canal anal. Nessa condição, a dor é mais frequente e as manchas de sangue podem ser percebidas no papel higiênico.

Quando o problema é menos grave, pode ser tratado apenas com uma alimentação mais rica em fibras, não esquecendo de ingerir muita água no intervalo entre as refeições. Convém lembrar que, alimentos com fibra, devem ser escolhidos os melhores e, nesse caso, sempre os alimentos de origem vegetal que são os mais saudáveis.

Além dos cuidados com a alimentação, também é importante praticar as atividade físicas regulares, pois estas promovem o trânsito intestinal favorecendo a solução do problema.

Sintomas Observados

Os sintomas mais comuns que determinam a prisão de ventre são:

  • Dor ao evacuar que por vezes exige um esforço maior,
  • Fezes duras além do normal que, por vezes também vem acompanhada de sangue,
  • Evacuação incompleta,
  • Dificuldades para evacuar com a ida ao banheiro menos frequente. Em situações mais drásticas, o indivíduo evacua no máximo 2 vezes na semana.
  • Inchaço ou dor abdominal,
  • Falta de vontade de se alimentar,
  • Vômitos.

Laxante infantil

Para combater a prisão de ventre em crianças, podemos aproveitar algumas sugestões em medicamento natural. Porém, quando a criança chora muito, não ganha peso e a dificuldade para evacuar é mais acentuada, melhor é buscar por ajuda médica para um tratamento mais seguro e rápido.

Entre as opções em medicamento caseiro que podemos aproveitar estão:

  • Água de ameixa seca – deixe uma ameixa seca de molho em 50 ml de água durante a noite. No dia seguinte, alimente a criança com essa água oferecendo-lhe 1/2 colher (sopa), 1 vez ao dia até que o problema seja solucionado.
  • Mingau de aveia – por ser rica em fibras, a aveia contribui para a saúde do intestino. Prepare um mingau com esse cereal e alimente a criança pela manhã, não esquecendo de lhe oferecer água durante o dia.

Opções em medicamento de farmácia

  • Bisalax – esse é um medicamento recomendado para crianças acima de 4 anos de idade que apresentam alguma dificuldade para evacuar como no caso do intestino preso. O medicamento também é indicado para pessoas com hemorroidas e outras complicações que dificultam a evacuação.
  • Diltin – esse é um medicamento com ação laxante recomendado para crianças a partir de 2 anos de idade. O medicamento é indicado para combater a constipação e favorecer a evacuação e também é recomendado para os adultos.

Laxante para Adulto

Quando o assunto tem a ver com laxante, também para os adultos existem soluções bem favoráveis para resolver o problema da prisão de ventre.

Opções entre os laxantes naturais

Ameixa com mel – coloque 6 ameixas secas em um recipiente com 1 xícara de água fervente e cubra. Deixe de molho durante toda a noite e no dia seguinte, coe para beber em seguida.

Suco de uva com linhaça – prepare um suco usando uvas frescas, não precisa muito, basta uma xícara. Adicione 1 colher (chá) de farinha de linhaça, mexa bem e beba.

Atenção – faça esse tratamento 1 vez ao dia por no máximo 5 dias, não mais que isso. Se precisar, faça um intervalo de alguns dias e volte ao tratamento.

Laxante em gotas Diltin – Picossulfato de Sódio

Medicamentos de farmácia

  • Diltin – Diltin é um medicamento com ação laxante que é recomendado tanto para crianças como para adultos. Esse medicamento é recomendado para quem sofre de constipação e contribui facilitando a evacuação, porém, ele não pode ser utilizado por um período de tempo muito longo.
  • Lacto Purga – um medicamento com ação laxante conhecido já há muitos anos, Lacto Purga é muito eficaz para facilitar a evacuação em pessoas com fissura anal ou com hemorroidas.

Alimentação e Líquido

Prisão de Ventre tem muito a ver com a alimentação. Por isso, para combatê-la, uma alimentação saudável com alimentos ricos em fibra é sempre bem vinda. Precisamos entender que as fibras encontradas nos alimentos integrais, agem como uma vassoura no aparelho digestivo e também favorecem a evacuação.

Porém, para que o benefício das fibras sejam reais, é preciso combinar os alimentos com a ingestão de água e outros líquidos saudáveis durante o dia. Pessoas com problemas intestinais devem ingerir no mínimo 3 litros de água pura nos intervalos entre as refeições, nunca junto com elas.

Quando é Endometriose Intestinal

Endometriose Intestinal é o crescimento do Endométrio no intestino da mulher. Trata-se de uma endometriose profunda, considerada grave que é caracterizada pela presença de lesões com mais de 5 mm de profundidade no intestino que aparecem em fórmula de nódulos com muita fibrose, um tecido conjuntivo endurecido parecido com uma cicatriz.

Sintomas Vistos

Entre os sintomas mais característicos desse problema estão:

  • Dor ao evacuar ou sangramento intestinal durante o período menstrual,
  • Cólicas menstruais,
  • Dor no momento das relações sexuais,
  • Dor na região pélvica,
  • Irregularidades nos ciclos menstruais,
  • Diarreia durante o período menstrual.

Remédios para Endometriose Intestinal

Com respeito aos medicamentos recomendados para tratar da Endometriose Intestinal, estes só podem resolver em situações menos drásticas. Nesse caso, são recomendados alguns tipos de medicamentos anticoncepcionais com uma dosagem mais específica para o problema com a intenção de evitar o crescimento do tecido do endométrio no intestino.

Porém, para casos mais complicados, a cirurgia para a retirada do tecido do endométrio é a solução. Geralmente, essa cirurgia é feita durante uma endoscopia, mas existem quadros mais complicados ainda em que a cirurgia deverá ser feita na forma mais tradicional com o corte na região abdominal para a retirada do tecido do endométrio.

Sangramento Anal

Quando ocorre o sangramento vivo pela abertura anal, não misturado ás fezes, trata-se de um problema que acontece na parte inferior do sistema gastrointestinal e pode ser sintomas de problemas vários, tais como: Fissura Anal, Colite, Doença Diverticular ou Hemorroidas. 

Esse tipo de sangramento, pode até assustar, mas nem sempre se trata de uma complicação grave. A preocupação deve ser maior se a pessoa com o problema já passa dos 50 anos de idade e que tenha notícias de alguém da família que já tenha tido esse tipo de problemas.

Quando ir ao médico

É bem verdade que não podemos relaxar diante de problemas de saúde mais complicados relacionados ao sistema gastrointestinal. Mas quando o problema envolve sangramento anal repentino acompanhado de dor ou outros sintomas, precisamos buscar logo pela ajuda médica.

As hemorroidas geralmente são as primeiras causas para esses sintomas. Porém, não podemos afastar a hipótese de existirem outras doenças relacionadas a esses sintomas especialmente quando entre elas se encontra o Câncer de Cólon e do Reto.


Leia também