Remédio para Cólica Menstrual ( Dicas para Tratar )

Se você é daquelas que todo mês enfrenta um martírio à medida que vai se aproximando a menstruação, vamos conversar um pouco sobre Remédio para Cólica Menstrual, uma maneira de solucionar seu problema e deixá-la mais tranquila para enfrentar esses dias.

Bastante comuns, as cólicas menstruais levam muitas mulheres a buscar ajuda médica, indo de leve a graves, estas podem provocar dores na barriga, costas e até mesmo baixando para as coxas. Algumas mulheres ainda podem ter dor de cabeça, náuseas, tontura, diarréia e constipação.

E para falar a verdade, são poucas as mulheres que não enfrentam este desagradável desconforto todos os meses, em média apenas de 30% a 10% das mulheres estão livres da chamada dismenorréia ou cólicas menstruais. Para muitas mulheres a situação se torna tão drástica que afeta as atividades do dia a dia, deixando-as até acamadas. Geralmente as cólicas desaparecem após 48  a 72 horas, mas e se não passar, ou enfim, quem gosta de sentir tanta dor assim por 2 dias?

Num mundo moderno em que a mulher exerce papéis importantes no dia a dia, e muitas vezes não tem tempo nem para si mesma, não dá para imaginar ficar se contorcendo de dor.

Adolescentes são as que mais sofrem com isso, pois o aparelho reprodutor esta amadurecendo e começa o ciclo mesntrual mensal.

Como na maior parte das vezes, essa dor é de origem primária, sem maiores complicações, apesar de chegar a extremos de dor, adotar medicamentos tipo antiespasmódicos, antiinflamatórios ou anticoncepcionais poderá ser o meio mais curto para solucionar o problema.

Sintomas Observados

Uma dor forte que começa junto ou antes da menstruação e vai aliviando podendo variar de 48 a 72 horas. As dores são intermitentes e intensas e localizam-se normalmente na parte inferior do abdômem. 

Acontece que algumas mulheres podem também sentir a dor irradiando-se para as costas e para as pernas, e além disso ainda podem acontecer junto:

  • Náuseas
  • Diarréia
  • Cansaço
  • Tonturas
  • Dor de cabeça

Porque você tem Cólicas

O útero produz uma substância conhecida com prostaglandina, substância essa que provoca a contração uterina, e consequentemente causa as cólicas. Quando o útero se contrai causa as chamadas caimbras. Mas à medida em que a menstruação vai descendo vai diminuindo o nível de prostaglandina e as contrações tendem a baixar também.

Existem 2 tipos de cólicas, as primárias e as secundárias.

As primárias

Estas não são uma doença e acontecem como algo normal no ciclo menstrual. As dores vão de leves a intensas e são sentidas no baixo abdômem, costas e coxas. Mais comum em garotas mais jovens, especialmente as adolescentes, estas tendem a diminuir conforme a idade vai passando. Mas pode acontecer com mulheres adultas também. Depois de uma primeira gravidez, geralmente acontece um alívio nos sintomas.

As secundárias

Quando acontece este tipo de dismenorréia, geralmente é por uma disfunção dos órgãos reprodutores. entre estas disfunções podemos citar a endometriose, infecções, cistos, fibroide, miomas, estenose do canal cervical, entre outros problemas.

Estas podem também ser causadas pelo usop de dispositivos intrauterinos contraceptivos como no caso do conhecido DIU.

Nesta condição secundária, a dor geralmente começa no início do ciclo e perdura por mais tempo.

Remédio Atroveran Composto

E em se falando de remédios, temos como primeiro o conhecido Atroveran Composto que traz como princípio ativo o cloridrato de papaverina, sendo um poderoso antiespasmódico indicado especialmente para cólicas menstruais e outros tipos de dores espasmódicas, aliviando a muscultura lisa, proporcionando alívio quase que imediato após a administração.

Este medicamento também traz em sua fórmula componentes  analgésicos e antipiréticos, por meio da dipirona,  de alto poder.

E ainda Atropa Belladona, que tem ação sobre atividade motora excessiva, pilorospasmos, peristalsee espasticidade reflexa do cólon.

Para que a eficiência seja maior, é aconselhável tomar esse medicamento logo aos primeiros sintomas.

Deve-se tomar de 2 a 3 comprimidos por vez, sendo no máximo 8 ao dia.

O comprimido deve ser engolido inteiro e nunca partido. E caso não passem os sintomas, deverá conslutar um médico.

A cartela de 6 comprimidos de 30mg custa mais ou menos 4,00 ou 5,00 reais.

Remédio Buscofem 400 mg

Outro medicamento que pode solucionar muito bem o problema da dismenorréia ou as cólicas mentruais é o Buscofem que tem como princípio ativo o Ibuprofeno , sendo que cada cápsula contém 400 mg deste.

O efeito deste medicamento ocorre 20 minutos após a administração e confere alívio por até 6 horas mais ou menos.

A cartela com 10 comprimidos custa em média 21,00 reais, podendo variar de acordo com o estabelecimento e possíveis promoções.

Remédio Ponstan 500 mg

Este é outro medicamento indicado para o tratamento das cólicas menstruais, e traz como princípio ativo o ácido Mefenâmico que é um antiinflamatório não esteróide e surte efeito diminuindo os hormônios causadores da inflamação do corpo.

Neste caso este é um medicamento que pode ser apropriado tanto para dismenorreía primária com secundária.

Cada comprimido de Postan, possui 500mg de Ácido Mefenâmico.

Seu preço varia entre os 30,00 reais por uma caixa com 24 comprimidos.

Bolsa de Água Quente no Ventre

Você sabe que uma ótima ideia além de tomar Remédio para Cólica Menstrual, é você tomar um banho quentinho ou colocar uma bolsa de água quente sobre o abdômem, enquanto fica deitada. Isso fará com que a musculatura relaxe dando alívio a dor.

É importante saber que em dias de frio, você precisa estar com a região abdominal bem aquecida até a altura dos quadris para evitar as cólicas por resfriamento da barriga.


Leia também